top of page

Cerâmica - Arte terapia

Atualizado: 10 de jun. de 2019


Trabalhar com cerâmica utilitária e artística funciona como terapia pois é prazeroso, estimulante, instigante e criativo...

Áreas motoras e frontal do cérebro são estimuladas. Além de liberar tensões, estimular o movimento intencional e a área de planejamento de ações, contribui para o desenvolvimento interpessoal.

Conforme vamos nos familiarizando com os processos, nos transformamos...

A argila tem seus tempos...

Após a modelagem inicial, a espera do momento para fazermos o acabamento... a secagem final requer paciência e respeito... Ás vezes uma peça pode rachar nesse processo e praticar o "desapego" pode ser benéfico pois podemos reciclar todas as sobras e reutilizá-la.

A primeira queima, requer horas de forno, onde o barro é transformado em cerâmica, vencendo mais um ciclo e fica pronto para iniciar outro, onde há a alquimia das cores. A fluidez dos esmaltes vidrados, os tons que transmitem sentimentos e sensações. A ansiedade de abrir o forno, novamente após horas e horas de calor e resfriamento, a segunda queima é onde a magia acontece... é sempre uma surpresa... um presente dos 4 elementos reunidos...o coração bate forte e em compasso com os sons do Universo...

Bem ao estilo slow living, buscamos o caminho da tranquilidade, o tempo do descanso, o empo de viver mais humano, priorizando a qualidade dos momentos e não a quantidade... planejamos, organizamos, mas também deixamos fluir...

Valorizamos o simples, não o convencional... o despretensioso...

vemos a perfeição, na imperfeição das peças modeladas na poesia que escorre pelas mãos... sem excessos, sem exageros... bem ao conceito dos jardins japoneses onde prestamos atenção no caminho, reverenciamos a natureza, cultivamos a atenção aos detalhes...

São momentos de calma, de busca, de valorização e proximidade...

Renascimento, conexão...ou reconexão...

Contato com um conteúdo que toca a alma... com energias que não podem ser resumidas apenas pela razão ou pela emoção...

Conexão com a nossa força intuitiva, resgate prazeroso, desafiador e gratificante... conexão com a nossa respiração... sentir-se... ser observador... distanciar-se ou aproximar-se de nossos pensamentos...

Devagar... com serenidade e leveza, encerrando e iniciando ciclos, de maneira simples e autêntica... saboreando o tempo, o espaço e a nós mesmos... bem vivendo...com liberdade e consciência... acolhendo...

Deixando-se inspirar....




335 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page